Princípios Financeiros – Capacidade de ter uma mente Milionária

Tempo de leitura: 3 minutos

O dinheiro é um bem que uma vez adquirido proporciona bem estar material. Nunca se pode tratar o dinheiro como um dom, dinheiro é objeto financeiro, dom é a característica que uma pessoa ou um determinado grupo tem em relação a facilidade de adquirir algum objetivo. Princípios Financeiros a seguir.

O dinheiro pode realizar a aquisição de seus sonhos caso estes sejam materiais ou abstratos como uma viagem. Se você sonha com uma casa maravilha o dinheiro pode lhe proporcionar a realização deste sonho, mas se seus sonhos forem, por exemplo, adquirir conhecimento nem sempre o dinheiro poderá agir a seu favor. O dinheiro traz a felicidade material, proporciona liberdade e mobilidade e nos dar condições de criar novas oportunidades e é isso que pretendo fazer e estou buscando.

 

Princípios Financeiros

Há quem diga que o dinheiro é um mal, e quem o tem é mal de qualquer maneira, isso não é verdade, este é um pensamento mesquinho e preconceituoso, no geral, acredito que quem pensa desta forma é uma pessoa que tem uma venda nos olhos e não tem conhecimento real sobre os indivíduos realmente bons ou dos benefícios que o dinheiro proporciona.

Alguém que não tem dinheiro não proporciona a si mesmo as regalias que o mundo pode oferecer, geralmente estas pessoas tem dificuldades financeiras e provavelmente vive em favor de pagar dívidas e adquirir outras.

Um princípio fundamental para qualquer um que queira progredir financeiramente é que não importa o quanto você ganha e sim o quanto você gasta ou deixa de gastar(extraído do livro “Como ficar Rico” de Cidinha C. Antônio) este é o principio básico para que se possa começar um planejamento coeso rumo a liberdade financeira.

Um exemplo que sempre dou a amigos é o de José que ganha dois mil reais por mês e o de Maria que ganha apenas quinhentos reais por mês.  José chega ao fim do mês com cinquenta reais em caixa, já Maria chega ao fim do mês com cem reais em caixa. José não faz poupança, já Maria todo mês guarda o restante em qualquer que seja a aplicação, sendo assim em alguns meses de árduo esforço para poupar, Maria terá progredido enquanto José provavelmente não terá nada. Neste caso quem tem mais dinheiro? Quem deles chegará mais rápido ao sucesso financeiro?

Repito, não importa o quanto você ganha, o que importa é o quanto você pode economizar para fazer a diferença. Você pode ser um vendedor de balas que lucra apenas dez reais por dia ou um mega empresário que ganha dez mil reais por dia, mas se não se habituar a guardar um pouco dos ganhos para criar riqueza estará sujeito a ter sérias dificuldades financeiras no futuro.

Em alguns livros que li durante a caminhada até chegar aqui nesse blog, sempre me deparo com os famosos “10%”, que diz que se deve guardar 10% de tudo que se ganha, hoje posso dizer que guardo um pouco mais que isso, mas já foi muito diferente em um passado próximo.

Onde quero chegar com isso é que antes de começar a investir, se for o seu caso, atenha-se primeiramente a princípios básicos de economia, nunca gaste mais do que se ganha, e sempre guarde algum dinheiro.

Livro recomendado: Como Ficar Rico, Cidinha C. Antônio

http://compare.buscape.com.br/como-ficar-rico-cidinha-c-antonio-8576652641.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *