O Impacto dos Vícios em Suas Finanças

Tempo de leitura: 3 minutos

Hoje falaremos de um tema bem complicado e muitas vezes não comentado em público.

Os vícios são de longe um grande problema para qualquer pessoa, seja ele relacionado à saúde, seja relacionamento, dentre outros.

Entretanto, vamos direcionar a nossa análise ao nosso mundo das finanças.

Você já reparou quanto um viciado gasta para manter o seu vício?

Quando falamos em vício muitos estão pensando em drogas ilícitas, esquecendo daquele cigarrinho depois do almoço, daquela cervejinha, que tanto gostam de tomar junto com os amigos. Infelizmente, o ser humano tem uma tendência a cultivar vícios, desde comprar roupas demais, ficar trocando de aparelho celular sempre que um novo modelo sai, enfim vícios e mais vícios.

Voltando, vamos ficar com o primeiro exemplo acima citado, o cigarro.

Montaremos um cenário que exemplifique melhor o real impacto que esse vício causa na vida de uma pessoa.

Cenário: Vício em Cigarro.

vicio-cigarro

Uma pessoa que tem o hábito de fumar consome tranquilamente uma carteira de cigarros por dia, na cotação de hoje, uma carteira de cigarros está custando por volta de 6,50 reais, estou sendo bem legal, pois ela pode custar até mais.

Agora vamos imaginar uma pessoa que fuma por aproximadamente 5 anos.

A seguir um simples cálculo matemático:

a) 1 mês possui 30 dias;

b) 1 ano possui 12 meses;

c) 5 anos possui 60 meses;

d) 60 meses possui 1800 dias;

Agora ficou fácil achar o tamanho do rombo!

1800 dias x 6,50 reais = 11.700,00 reais(Teoricamente falando).

Você não leu errado, são quase 12.000,00 reais jogados com o cigarro. Olha que nem estou considerando aqui os prejuízos acarretados para a saúde com esse hábito.

Agora imagine esse mesmo valor aplicado em um investimento que rendesse 6% a.a (seis por cento ao ano). Vamos saber quanto essa pessoa teria ao final de 5 anos de investimento?

I) Vamos encontrar o valor economizado em 1 ano:

tabela1

Perceba que em 1(um) ano esta pessoa teria juntado o montante de 1950,00 reais.

Vamos agora saber quanto esse valor renderia aplicado a juros de 6% a.a.

II) Encontrando o rendimento de 1(um) ano de investimento a 6% a.a:

tabela2

Você não leu errado! São 43,27 reais que em 1 ano de investimento são depositados em sua continha sem você fazer nenhum esforço. Belo valor – Minha opinião 😉

III) Conhecendo o montante total jogado fora com cigarro:

tabela3

Observações:

1) Não estou considerando o valor retirado pelo imposto de renda;

2) Não estou considerando a taxa de administração de uma determinada corretora;

3) Estou considerando que o rendimento anual está sendo aplicado no mesmo investimento.

4) Estou considerando que a pessoa está investindo rigorosamente no cenário acima montado.

Chegamos ao seguinte valor total 13.810,68 reais, traduzindo, uma pessoa que investisse a uma taxa de retorno no valor de 6% a.a, teria 1.915,68 reais de “lucro”, fora os 11.895,00 reais que ele investiu e é dele por direito, perfazendo um total de 13.810,68 (Investimento de 5 anos).

Aqui chegamos a triste constatação que essa pessoa deixou de ter a seu dispor uma bela quantia de 13.810,68 reais, tudo por causa daquela velha e boa carteira de cigarro de todos os dias =(

Novamente saliento que aqui poderiam estar outros inúmeros vícios não tão nocivos a nossa saúde e que, muitas vezes, pelo caráter inocente passam desapercebidos.

**Conclusão: Não estou aqui para julgar ninguém pelos seus hábitos, nem tão pouco apontar o que é certo ou errado. Estou mostrando como um comportamento que muitas vezes é automático, pode está “matando” a sua vida financeira, o seu crescimento e de seus descendentes.

Esta postagem foi uma colaboração do site https://arcanaine.wordpress.com/

lobo

2 Comentários


  1. Muito bom poder contar com um amigo você. Sei que essa parceria tem muito a render, tanto no sentido figurado e real da palavras.. hehe. O mais importante é que juntos iremos construir algo de valor para as pessoas, algo que realmente possa ser usado no dia a dia, algo descomplicado e simples. Acredito que os seus leitores e os meios só tem a ganhar com essa nova parceria. Obrigado pelo espaço Meyerbeer Silveira. Abraços!

    Responder

  2. O primeiro passo para sair do vermelho e saber qual e a real situacao das suas financas e das suas dividas. Dividas devidamente listadas, e hora de dedicar um tempo a analise do orcamento financeiro pessoal para tracar um plano a fim de quitar as pendencias.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *