Investindo para construir seu Futuro – Uma história Peculiar

Tempo de leitura: 3 minutos

Investindo ou criando um patrimônio para garantir seu futuro, criar um império ou seja lá qual for seu objetivo não é um trabalho fácil, principalmente quando você não tem os objetivos definidos.Essa semana, para não passar batido e ficar sem postar nenhum conteúdo, resolvi postar uma história que achei um tanto intrigante. Passando e vasculhando alguma coisa na internet, me deparei com a história de um homem que não conseguiu um emprego por não seguir as regras da sociedade e se deu muito bem.

Não sei se a fonte dessa história é confiável, ou se o fato é realmente verídico, o fato é que, assim como eu ou você, somos todos faxineiros de uma empresa, construindo riquezas e patrimônio para outras pessoas e esquecendo dos nossos próprios sonhos.

Investindo para garantia do Sucesso – Faxineiro da Microsoft

Um homem que estava desempregado entra em um concurso da Microsoft para ser faxineiro. O Gerente de RH o entrevista, faz um teste (varrer o chão) e lhe diz: “O serviço é seu, me dê seu e-mail e eu lhe enviarei a ficha pra preencher, e a data e hora em que deverá se apresentar para o serviço.” O homem, desesperado, responde que não tem computador, e muito menos, e-mail. O Gerente de RH, disse que lamenta, mas se não tiver e-mail, quer dizer que virtualmente não existe, e, como não existe, não pode ter o trabalho.

O homem sai, desesperado, sem saber o que fazer; somente tem R$ 10 no bolso. Então decide ir ao supermercado e comprar uma caixa de 10 quilos de tomates. Bate de porta em porta vendendo os tomates a quilo, e, em menos de duas horas, tinha conseguido duplicar o capital. Repete a operação mais três vezes e volta a casa com R$ 60. Então, ele verifica que pode sobreviver dessa maneira, sai de casa cada dia mais cedo e volta a casa mais tarde, e assim triplica ou quadruplica o dinheiro a cada dia. Pouco tempo depois, compra uma Van, depois troca por um caminhão e pouco tempo depois chega a ter uma pequena frota de veículos para distribuição.

Passados 5 anos, o homem é dono de uma das maiores distribuidoras de alimentos dos Estados Unidos. Pensando no futuro da sua família, decide fazer um seguro de vida. Chama um corretor, acerta um plano e quando a conversa acaba, o corretor lhe pede o e-mail para enviar a proposta. O homem disse que não tem e-mail. Curioso, o corretor lhe disse: “Você não tem e-mail e chegou a construir este império, imagine o que você seria se tivesse e-mail!”

O homem pensa e responde: “Seria faxineiro da Microsoft!”

Você é do tamanho dos seus sonhos!

Resumindo:

Se você não construir seus sonhos, alguém vai te contratar para construir os dele.

O fato aqui é que, quem é empregado de uma empresa, mesmo tendo um bom cargo, de alguma forma, é faxineiro dela. Todos têm escolhas, alguns optam por continuar no seu próprio emprego, e quando penso nisso, lembro sempre do livro “Pai rico Pai pobre” de Robert Kiyosaki, onde ele fala sobre os 4 quadrantes (empregado, autônomo, empresário e investidor), e sobre as escolhas que fazemos na vida para alcançar nossos objetivos.

Você sabe seus objetivos? Está fazendo algo realmente bom para conseguir alcança-los? Pense nisso, você pode estar na corrida dos ratos, uma corrida onde você não sai do lugar.

Não consegui saber a fonte desse texto, mas tirei o chapéu pra ele, se alguém souber, favor comentar.

3 Comentários

  1. Pedro Anderson

    Muito boa a história. A meu ver se é verdade ou não são outros 500, o que importa é que ela nos passa uma lição de visa, um ponto de vista… como as nossas vidas andam em um linha frágil e invisível. Por um simples detalhe o cidadão não se tornou só mais um na grande corrida dos RATOS.

    Espero um dia poder dizer também que não tenho e-mail! vlw.

    Responder
  2. Lucimara Lima

    Ótima postagem, Investidor X.
    Creio que a maioria está condicionado a construir sonhos alheios. Aprendemos isso (como diz no livro Pai Rico). Resolvi fazer diferente… Estou quase saindo da “corrida de ratos”.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *