Ações da Bolsa de Valores – O Que São?

Tempo de leitura: 6 minutos

Ações negociadas na bolsa de valores são papéis que representam a menor parte do capital social de uma empresa, são cotas (pedaços) de uma empresa. Quando a empresa é aberta, seu patrimônio é dividido em diversas cotas — as ações —, que são distribuídas a investidores que, assim, se tornam seus donos “anônimos”, daí vem o nome de “Sociedade Anônima”.

Ao comprar uma ação, portanto, você também se torna dono da companhia. Junto com todas as outras pessoas (físicas ou jurídicas) que detêm ações da empresa, você passa a fazer parte do quadro de acionistas da empresa, passando a correr os riscos dos negócios junto com a empresa e tendo participação nos lucros e prejuízos da mesma.

Possuir ações de uma empresa é possuir um pedaço dela. Em tese, você é dono de uma fração de qualquer outro bem da empresa. E quanto mais ações possuir, maior é sua parcela, maior seu lucro, maior seu prejuízo.

Não pretendo entrar muito em detalhes com relação aos tipos de ações, tipos de poderes que cada acionista tem, seus direitos, deveres, etc. Mas de forma genérica temos o seguinte.

As ações podem ser classificadas em dois tipos Ordinárias (ON), e que, quem as possui, pode votar em assembleias gerais da empresa, além de receber os lucros distribuídos pela empresa. E do tipo Preferenciais (PN), e que, quem as possui não possui direito a voto, mas tem “preferência” na hora de receber os lucros distribuídos (em uma porcentagem maior que as ordinárias).

As negociações das ações ocorrem na Bolsa de Valores, e para negociar uma ação(comprar ou vender), o investidor deve estar cadastrado em corretora (instituição autorizada a comprar ou vender ações), que você aprende como abrir uma conta aqui. E sua negociação, como, valor de ordem(ordem é o comando que você dar a corretora para comprar/vender uma ação), taxa de custódia(preço para guardar essas ações em segurança), entre outras taxas, vai de corretora a corretora, e sua escolha deve ser bem definida, para evitar perdas ou similares.

Ações e sua Liquidez

Existem basicamente 3 tipos de ações baseados em sua liquidez(facilidade de compra e venda), são elas as Blue chips, Small chips e as de menor liquidez. Iremos tratar apenas as Blue Chips e Small Chips para facilitar na comunicação (não que as de 3º linha sejam de menos qualidade ou maior risco, mas por se tratarem de ações menos conhecidas e exploradas).

As Blue Chips, são ações de empresas de grande porte, com maior(muita) liquidez, e mais negociadas na Bolsa de Valores. Normalmente essas ações estão listadas no IBOVESPA(Índice Bovespa), como os papeis mais negociados e no IBRX/IBRX50. Ex: Ações da Petrobrás, Vale do Rio Doce, Eletropaulo, etc.

As Small Chips, são ações de empresas de grande e médio porte e com boas liquidez.

Mas como Ganhar com as Ações?

Vejo em muito lugar pessoas julgando mal os investimentos em ações, uns dizem que é muito arriscado, outros que dizem ser um jogo. Mas o que poucos sabem é que, a longo prazo, e com uma boa estratégia, é totalmente possível ter altos ganhos com um risco “administrável”.

  • Valorização das ações

A primeira forma de ganho, quando se pensa em ações na bolsa de valores é, a variação do valor da ação. Supondo que o investidor compre um lote de 100 ações a R$10,00 (dez reais), logo você tem um patrimônio de R$1000,00 em ações. Se a ação sofre uma valorização de 10%, a ação passa a ter o valor de R$11,00, seu patrimônio subiu 10%, logo você passa a ter um patrimônio de R$1100,00 em ações. A primeira vista pode parecer pouco, mas quando se tem a visão de altos valores, a visão passa a ser outra, imagine você com um lote de 10000 ações a R$10,00 (R$100.000,00) e imagine um ganho de 10%, são R$10.000,00 em ganho.

Porém, o contrário também é verdade, quedas também podem diminuir seu patrimônio. Pegando do mesmo exemplo, um lote de 100 ações a R$10,00(dez reais), se sofrer uma perda de 10%, a ação passa a valer R$9,00 (nove reais) e seu patrimônio cai para R$900,00.

Aí você pergunta, “Poxa, perdi R$100,00!?”.  NÃO. Pensa comigo, você continua com o mesmo lote, não perdeu nenhuma ação, a história nos mostra que, na maioria das vezes, as ações tendem a se valorizar. Em algum momento, você volta a ter seu patrimônio valorizado.

  • Dividendos

São uma parte dos lucros da empresa e que são pagas aos seus investidores e que pode acontecer em forma de dinheiro ou ações. Os dividendos podem compensar o preço de uma ação que não esteja a ser muito movimentada, atribuindo aos acionistas um rendimento. E esse é um dos principais fatores que não se deve ter medo de investir em ações. Eu mesmo, como investidor, só busco ações que paguem bons dividendos, buscando no seu histórico. Dividendos são uma das melhores formas de ganho ao se investir em ações, e uma das coisas que menos se sabem sobre investimentos em ações.

  • Juros Sobre Capital Próprio

É uma das formas de uma empresa distribuir o lucro entre os seus acionistas, titulares ou sócios. Esse pagamento é tratado como despesa no resultado da empresa, precisando que o investidor pague o Imposto de Renda, retido na fonte, sobre o capital recebido, o que não ocorre para o caso de dividendos. Essa questão fiscal é benéfica para a companhia, pois sendo o pagamento contabilizado como despesa da empresa, antes do lucro, ele não arca com os tributos, repassando este ônus ao investidor.

  • Direitos de Subscrição

Embora não seja, especificamente, uma forma de ganho, se parar para analisar, é uma forma de ganhar a longo prazo. É uma forma usada pelas empresas para emitir novas ações ao mercado, geralmente com objetivo de captar recursos para ampliar sua capacidade produtiva. A subscrição concede aos acionistas da empresa o direito de adquirir as novas ações,e normalmente acontece de o preço ser mais baixo que o do mercado, ou seja, ao comprar, ela passa a ter o valor do mercado. Em outras palavras, os acionistas tem prioridade para comprá-las, mas não são obrigados a exercer este direito de compra.

 

Apesar de ser fácil e muito tentador negociar ações, alcançar bons resultados exige preparo e estudo, assim como qualquer outro negócio. E uma ótima alternativa para aprender ainda mais, sobre ações, como investir melhor, ter uma renda adivindo de ações é um bom curso que indicamos do Investidor de Sucesso [Link Afiliado].

Espero que aproveitem!

1 Comentário


  1. Nele encontram-se os fluxos de oferta e procura do mercado de acoes. Milhares de pessoas que desejam comprar e vender acoes estao ai representadas pelos operadores de Bolsa. De certa forma, e como se toda essa gente estivesse ali presente, anunciando, cada um, a viva voz, os seus desejos de comprar e vender acoes da companhia.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *